Início Fundações Estaca Mega e reforço de fundações: considerações gerais

Estaca Mega e reforço de fundações: considerações gerais

1595
5

A estaca mega é uma das opções para realização de reforços em fundações. Existem diversas ocorrências que demandam o reforço de fundações, sempre com o objetivo de garantir a segurança estrutural de uma determinada edificação. Os motivos mais comuns são devido ao aumento de carga, proveniente de uma possível ampliação na edificação, e devido a necessidade de correção de patologias oriundas de problemas com recalque na fundação. Outras causas relevantes são problemas no solo, ações do tempo ou problemas com projetos não desenvolvidos adequadamente.

Existem atualmente diversas técnicas para reforço e recuperação de fundações, sendo boa parte delas utilizadas com o principio de ampliar a capacidade de suporte de fundações já existentes. Com isso, é importante que a busca pela melhor solução seja fundamentada em análises de fatores de segurança, economia e exequibilidade.

Uma das soluções mais utilizadas para tal situação são as estacas mega. Elas são dimensionadas para suportar a demanda de cargas pelas quais o reforço foi solicitado. É uma solução bastante utilizada principalmente pelo fato de dispensar demolições durante a execução, além de não produzir impactos e vibrações no processo de execução.

Para entender a problemática relacionada aos reforços de fundações, incluindo as principais causas, definições de termos técnicos, soluções utilizadas em cada caso, e entender mais a fundo o que são as estacas mega, como elas funcionam e considerações de execução de reforços de fundação através desse método, leia este artigo até o final.

estaca-mega

Reforço de fundações

O reforço de fundações pode ser definido como qualquer tipo de intervenção que vise a melhoria do conjunto solo/fundação/estrutura já existente, aumentando a resistência ou suprindo a ausência da mesma. Essa intervenção é demandada em uma edificação quando as fundações existentes apresentam condições inadequadas para o suporte das cargas atuantes sobre a mesma, ou ainda quando for o caso de um possível aumento de carregamento que não foi previsto em projeto, como por exemplo, ampliações e reformas.

reforço-fundações

Os reforços ou substituição de fundações decorrem na maioria das vezes de fatores que foram negligenciados em etapas de projeto e execução. A ausência, insuficiência e má intepretação de investigações geotécnicas são as causas mais comuns, seguidas por modelos inadequados de cálculo das fundações, má qualidade nos materiais, e ainda a falta de mão-de-obra e equipamentos especializados na execução de fundações.

Uma dificuldade encontrada em projetos de reforço de fundações é que não existe uma solução universal para todos os casos, devendo ser contemplados inúmeros fatores.  Isso se dá principalmente pelo fato de esse tipo de serviço caracterizar muitas vezes trabalhos perigosos, com nível elevado de complexidade, e causadores de transtornos aos usuários da edificação. Esses e outros fatores justificam escassez de mão-de-obra especializada em reforços no Brasil e no mundo.

Principais Tipos de reforço em fundações

Nas situações onde o reforço de fundação é necessário, este pode ocorrer de dois principais tipos: com aprofundamento das fundações existentes, ou sem aprofundamento das fundações existentes.

O reforço de fundações sem aprofundamento está muito relacionada ao conhecimento profundo da geotecnia, e demanda conhecimentos sólidos a respeito da caracterização dos solos. Nesse tipo de reforço pode-se optar por dois tipos de processos, sendo eles: melhoramento das características geotécnicas do solo ou alargamento da área da base da fundação existente (contato entre solo-estrutura).

Em situações onde reforço das fundações sem aprofundamento não é viável, é necessário a realização do reforço com aprofundamento. Nesse tipo de reforço a técnica mais utilizada é o recalçamento com estacas, as quais podem ser tanto de madeira, metálicas, concreto armado pré-moldadas ou até mesmo moldadas in loco. Nesse tipo é que está inserida a utilização de estaca mega, da qual vamos nos aprofundar no próximo item.

reforço-fundações-estaca-mega

A definição do melhor tipo de reforço a ser utilizado deve partir de um diagnostico detalhado do caso em questão, alinhado à experiência de um profissional capacitado. O diagnostico deve levar em consideração fatores como: tipo de fundações existentes, níveis de carregamentos, perfil de solo e grau de urgência. Já a escolha da solução de reforço parte principalmente de variáveis econômicas, de segurança e exequibilidade.

Utilização de Estaca Mega

Nesse tópico iremos tratar da utilização de estacas mega em reforços de fundações. A estaca mega tem ganhado muito espaço no mercado de reparos em fundações devido a suas vantagens executivas, as quais abordaremos mais adiante. Esse tipo de estaca pode também ser chamado de estaca de reação. Basicamente a estaca mega é executada pela cravação de elementos pré-moldados no solo com auxilio de um macaco hidráulico.

estaca-mega

As estacas mega são altamente recomendadas para reforço ou substituição de fundações, tanto por ruptura em fundações existentes, como para colapso dos solos, reforço em mudança de carregamento da edificação, e aumento de segurança em eventuais alterações no tipo de uso da edificação.

As estacas mega podem ser tanto metálicas como de concreto. Quanto à execução a energia de cravação é obtida da estrutura e é transferida para o solo, através do atrito lateral e para camada de solo imediatamente inferior da estaca (resistência de ponta), sendo a carga total dependente dessas duas parcelas, assim como nos demais tipos de fundações profundas. Na estaca mega as vigas baldrame, lajes ou eventualmente paredes são utilizadas como ponto de apoio e reação para o avanço da cravação.

Pontos Positivos da utilização de estacas mega

Apesar de apresentarem um custo um tanto elevado, as estacas mega podem apresentar grandes vantagens quando o assunto é reforço em fundações, tais como:

  • Baixas vibrações e ruídos;
  • Exequíveis em locais pequenos e de difícil acesso de máquinas e pessoas;
  • Aumento instantâneo da segurança da edificação após a cravação da estaca;
  • Limpeza do ambiente durante a execução, ou seja, não gera quantidade significativa de resíduos;

Finalizando

Neste artigo abordamos algumas considerações acerca dos reforços de fundações, incluindo as principais causas, definições de termos técnicos, soluções utilizadas em cada caso, e entendemos o que são as estacas mega, como elas funcionam e algumas considerações de execução de reforços de fundação através desse método.

Caso se interesse pelo assunto e queira se aprofundar, assista ao vídeo onde comento detalhadamente o assunto de reforços em fundações, clicando aqui!

Espero ter contribuído para seu conhecimento, deixe nos comentários sua opinião sobre as práticas de reforços em fundações no Brasil.

Até a próxima.

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor coloque seu comentário!
Por favor coloque seu nome aqui